agosto 05, 2007

Atentando José Carlos Capinan - Colaboración desde Brasil


ATENTANDO JOSÉ CARLOS CAPINAN
Jomard Muniz de Britto

Era um rapaz quase desesperado
que admirou a dramaturgia do bumba-meu-boi
talvez antes de amar as dissonâncias dos Beatles e Rolling Stones em plena Jovem Guarda.
Culturas populares e massivas linguagens
na mais refinada canção por Clarice.
Prisma luminoso do mais fiel Paulinho da Viola.
Cumplicidades sempre recomeçando com
o inquietante herdeiro de João Gilberto:
Geraldinho Azevedo. Brasiliricamente.
Parcerias prismáticas aquém e além das
tropicálias em movimento dos barcos.
Entre bumbas e Beatles, o ícone da beleza
guerreira latino-amareicana: Che Guevara.
Soy loco por ti, desesperadamente.
Esses rapazes tão militantes e lúdicos
porque lúcidos na esperança de outras
transformações na antropologia do cruel
cotidiano quartomundista.
Capinan: poeta do inteiro ambiente:
deflagrando desesperos em ciclos de navegação,
bahias e gentes, personas e cancioneiros.
Capinan, um cosmolírico.

No comments yet

 
Theme By Arephyz, Modified By: §en§ei Magnu§ and Powered by NEO